A hipnose funciona para todo mundo?

dúvidas

Uma dúvida muito comum que eu percebo que as pessoas têm é de achar que a hipnose funciona apenas para uns e não para outros.

Na verdade este é mais um dos grandes mitos da hipnose!

Para começar a explicar, vou dizer a você o que é hipnose. A hipnose é um estado relaxado e focado, sempre consciente (embora, as vezes dê a impressão que a pessoa está “dormindo”, a hipnose não é o sono), não existe hipnose inconsciente!

Por ser um estado focado e relaxado, natural nosso, pois entramos e saímos sozinhos deste estado a cada 3h mais ou menos, o terapeuta apenas vai induzir o cliente a este estado e vai trabalhar com isto.

O que pode acontecer, é de a pessoa não querer entrar em transe naquele momento ou com aquela pessoa, mas ela é capaz de entrar com outra pessoa ou em outro momento, por ser algo natural da mente dela.

O que não acontece com todo mundo é reproduzir alguns fenômenos como vemos em vídeos de hipnose de palco, ver artistas preferidos e ver ou ouvir coisas que, de fato, não estão ali. Isto se chama alucinação e, realmente, nem todos produzem este fenômeno neste estado. Porém, para a hipnose clínica, alucinações são desnecessárias. Isto só é utilizado em hipnose de palco, que é o famoso “comer cebola achando que é maçã”, mas trabalhar questões pessoais, traumas, fobias, ansiedade, depressão, entre outras coisas, de modo mais focado, o que promove uma rapidez no processo terapêutico, todos nós somos capazes! Portanto se você tinha dúvida se a hipnose clínica funciona com você, sim ela funciona!

Hipnose em Campinas- Milena Ferreira- 19 999229272

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose ericksoniana

5 Motivos para escolher a hipnose!

hipnose_clinica

1. Traz resultados rápidos ao tratamento

A hipnose na psicoterapia garante aos pacientes uma melhora nos problemas emocionais e físicos em menor tempo. Isso acontece porque o tratamento começa no inconsciente.

Assim, enquanto outras técnicas demandam maior tempo para iniciar os efeitos, a hipnoterapia traz resultados mais rápidos. Em certos pacientes, os benefícios são notados logo nas primeiras sessões.

2. Mostra ser uma terapia muito eficiente

A hipnose clínica é considerada muito eficiente por trazer efeitos comprovados por quem a utilizou em seus pacientes. Pesquisas mostram que a porcentagem de pacientes restabelecidos com o uso da hipnoterapia é maior se comparado com outras técnicas.

 

3. Proporciona ao paciente maior esperança de melhora

Como mostrado anteriormente, as primeiras sessões já começam a mostrar efeitos nos pacientes, que se sentem motivados a continuar a terapia por hipnose.

 

4. Propicia outros benefícios ao paciente

A hipnoterapia pode trazer melhorias ao paciente que vão além da solução do problema que deu início ao tratamento.

Os psicólogos que trabalham com essa técnica percebem benefícios em vários aspectos da vida dos pacientes, como melhor qualidade do sono, diminuição da ansiedade e regulação do apetite. Além disso, as sessões trazem um aprendizado para lidar com os sentimentos e vencer seus limites.

 

5. Assegura ausência de efeitos colaterais

Como o tratamento com hipnose clínica não é medicamentoso, não se notam quaisquer efeitos colaterais nem tampouco interações com outros remédios.

Vários pacientes que fazem psicoterapia também passam por tratamento com psiquiatra, principalmente pessoas com depressão, TOC e ansiedade generalizada. Muitos deles usam medicamentos antidepressivos ou outros fármacos.

Durante as psicoterapias tradicionais, faz-se necessária a continuação das medicações por tempo indeterminado. Esses mesmos pacientes, ao se submeterem à hipnoterapia, apresentam avanços muito significativos e em curto espaço de tempo.

Assim, ao retornarem ao psiquiatra, podem ter a dose do remédio diminuída e, com o tempo, até descontinuada — a depender de cada caso, é claro.

estes são apenas 5 benefícios da hipnoterapia, além de muitos outros que poderiam ser citados.

Dra. Milena Ferreira- Hipnose clínica em Campinas

Hipnose

Hipnoterapia

Hipnose Ericksoniana

Dúvidas sobre hipnoterapia

duvidas1.O que o paciente sente quando é hipnotizado?
 A maioria dos pacientes hipnotizados diz sentir uma extrema sensação de paz, relaxamento mental e físico, a maior parte do processo é feita em um estado de transe médio, que seria um estado muito relaxado e focado, porém, sempre consciente.
A medida que é criada uma relação de confiança, a experiência tende a conseguir um estado mais relaxante e profunda de transe.
2.São todas as pessoas que conseguem ser hipnotizadas?
Sim, pode-se dizer que é um mito da hipnose que algumas pessoas não entram em transe.
3.Quantas sessões são necessárias?
Se o seu terapeuta prometer números de sessões, é importante que você desconfie! Os resultados são bem relativos e tendem a variar de acordo com cada cliente, a hipnose é uma terapia rápida que traz resultados visíveis e surpreendentes, porém,a única garantia é a rapidez mas sem números de sessões.

4. Existe alguma possibilidade de  ficar preso no seu transe e não acordar mais?
Não. Ou o paciente vai voltar da hipnose sozinho ou com o terapeuta, ou ele pode adormecer e acordar, se sentindo em extremo relaxamento.
5.O paciente lembra do que aconteceu durante o transe?
Sim, geralmente o paciente lembra de tudo. É possível que alguém possa esquecer alguma parte do que foi dito ou pensado, caso seja algo muito difícil da pessoa lidar naquele momento, mas ainda assim, pode ser que, naturalmente a lembrança venha a tona em outro momento.
6.Durante a hipnose pode perder o controle da hipnose e falar o que não quero?
Vale ressaltar que ninguém e hipnotizado contra a sua vontade, você não irá fazer também nada que não considere que está dentro da sua ética, poderá rejeitar qualquer situação a qualquer momento.
7.A hipnoterapia substitui a medicina convencional?
Em nenhuma circunstância isso acontece, se você tem algum problema de saúde é importante que consulte um médico.
8.Durante a sessão há a possibilidade de eu sentir vergonha de conta os meus problemas para o terapeuta?
Durante a sessão de hipnose é natural que você confidencie assuntos pessoais, o terapeuta é um profissional que estar acostumado a atender pessoas de todos os tipos e diversas situações que você nem imagina, esse profissional não irá lhe julgar ou fazer com que você se sinta mal, pelo ao contrário ele irá ajudar na resolução do seu problema.
9.Como escolher um bom terapeuta? O que eu devo considerar?
Para quem não é conhecedor do método pode facilmente se enganado, hoje  qualquer pessoa pode fazer o curso.
Antes de se submeter ao procedimento é importante procurar um profissional de hipnose, tome cuidado e algumas precauções, confira:

Pesquise sobre o profissional no Google.
Possui as certificações e formação adequada?
Possui faculdade, pós-graduação e cursos na área? Não é necessário ser psicólogo, mas que tenha formações mínimas para cuidar de problemas psicológicos, como uma boa formação em psicanálise, por exemplo.
Possui experiência com hipnose?
Tem histórico de reclamação no reclame aqui?
Desconfie dos profissionais que prometem curas instantâneas, busque profissionais bem preparados e com conhecimento na área para lhe ajudar a buscar novamente a segurança e ética.

Hipnose em Campinas é com Dra. Milena Menezes Ferreira

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnose clínica em Campinas

 

Rapidez da hipnoterapia

hipnose-porto-alegre

Antigamente a hipnose era vista como atração de circo, agora já é um tratamento muito utilizado na medicina, oferecido em clínicas e consultórios psicológicos. Esse conceito começou a mudar em 1990, quando diversos exames de tomografia realizado em pacientes na época comprovaram os benefícios da hipnose.

A hipnose hoje é um método estabelecido em um estado mental de alta performance, que permite ao paciente  tratar uma série de problemas.

A cada sessão é possível se admirar os rápidos resultados, por ser um estado muito focado e relaxado, promovendo rapidez no tratamento, confira:

  • Você sabia que a hipnose pode ajudar a tratar problemas relacionado ao tabagismo?

Através da hipnose os terapeutas consegue criar novas conexões mentais, susbtituindo aquela sensacão de prazer pelo o cigarro, trocando por algum alimento saudável, depois de alguns meses realizando o tratamento, o paciente deixa de sentir a necessidade do cigarro.

  • Hipnose também ajuda a tratar dores crônicas

As pessoas de modo em geral sentem dores em lugares diferentes, isso vai do mais sensível ao mais doloroso. O tratamento pode interromper as conexões que o nosso corpo tem com os neurônios e reduzir a sensação ruim de dor. A mesma técnica é utilizada em pacientes que realizam quimioterapia para diminuir a sensação de náuseas.

A hipnose também ajuda na compulsão alimentar, onde o paciente é convencido de que foi implantado em seu estomado um balão imaginário, com isso a sensação de saciedade vem bem mais rápido e o apetite tende a diminuir.

Através da hipnose também é possivel amenizar os impactos da depressão, todas as pessoas são hipnotizáveis, porém em graus diferentes, a partir de então é administrado alguns sessões semanais, onde a doença tende a desaparecer aos poucos.

Quem tem medo de ir ao dentista e pavor do motozinho vai adorar saber que a hipnose coloca o paciente em transe , onde o paciente não ouve os temidos ruidos do moto, o teurapeura irá trocar o ruído por um som agradável, durante procedimentos mais complexos reduz também a sensação de dor.

A técnica de hipnose ajuda a substituir sensações de pavor ou medo, por sensações agradáveis e positivas. De modo em geral, praticamente todas as pessoas podem ser submetidas ao tratamento através da hipnose, até mesmo crianças, o que muda é o nível de profundidade de cada paciente que entra em transe.

A grande maioria das pessoas não precisa entrar em um transe profundo, uma hipnose de leve já proporciona resultados satisfatórios, já que qualquer pessoa pode e consegue relaxar mentalmente e fisicamente

A hipnose pode tratar os seguintes problemas:

  • Bruxismo – o ranger dos dentes durante a noite;
  • Ansiedade
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC);
  • Depressão;
  • Estresse;
  • Insonia;
  • Sindrome do pânico;
  • Fobias em geral;
  • Enxaquecas;
  • Doenças psicossomáticas;
  • Dores crônicas;
  • Impotência Sexual
  • Ejaculação Precoce.
  • Etc…

A hipnose é uma boa opção para quem quer resultados de maneira rápida e saudável.

Hipnose em Campinas- Dra. Milena Ferreira 19 999229272

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Hipnoterapeuta em Campinas

Hipnólogo

Hipnóloga

Formação em Reprogramação Mental- Campinas

repmental

 

Conteúdo Programático Formação em Reprogramação Mental

1- Avaliação do sistema de crenças

2- Recodificação do Sistema de Crenças através da Resolução Neurobiológica do Trauma e hipnose.

Detecção e desinstalação crenças limitantes e instalação de crenças fortalecedoras.

3- Perdoando os que passaram em sua vida

 Técnica Utilizada para eliminar cargas emocionais negativas de experiências passadas, através da associação de estímulos (âncoras), e do uso apropriado da linguística.

4- Regressão na Linha do Tempo

O indivíduo é conduzido,metaforicamente,às suas experiências passadas: juventude, adolescência, infância, momento do parto, etc., ressignificando e ajustando sua história pessoal.

5- Regressão à Vida Intra-Uterina

Dessensibilização e eliminação de traumas codificados durante a vida intra- uterina, pela simbiose gestante-feto e dessensibilização e ressignificação de possíveis traumas e eventos relativos ao parto.

6-Ancestralidade

identificação e ressignificação de conflitos de antepassados que são passados de geração em geração.

7- Regressão de memória

Aqui o indivíduo é conduzido, em transe leve, a experiências de Vivências Passadas ou a experiências registradas em sua Memória Genética (Padrões Ancestrais)

8- A jornada do herói

Fortalecimento da autoimagem e da autoestima através da recriação lúdica da

Jornada ou Saga do Herói…

9- Revisão da linha do tempo

Aqui levamos o indivíduo a revisar sua Linha do Tempo, purificando e equilibrando o Passado (eliminado raiva, mágoa, culpa, ressentimento, impotência, etc) o Presente e Futuro (eliminando medo, ansiedade etc

10- Encontro com seu eu superior

O propósito desta etapa, através de técnica lúdica de visualização e meditação, é levar o indivíduo ao reencontro de sua intuição e de seu crescimento pessoal..

Público-alvo

Coaches; Psicólogos; Médicos; Profissionais da Área de Saúde em Geral; Terapeutas Holísticos, etc.

Carga horária , datas, valores e local.

Carga horária: 34 horas. data: dias 3 e 4/03 e 10 e 11/03 . Duração:das 9h às 19h. Cidade: Campinas. local: A confirmar. Investimento:3000 parcelados em até 8 x 375 (com juros do cartão). Inscrições até dia 24/02.

Possui certificado?Sim.

E-mail: milena@hipnosecampinas.com Telefone com whatsapp: 19999229272

Objetivo do curso

Levar o participante a experimentar em si e aplicar técnicas extremamente funcionais, baseadas em metodologias de ponta como Programação Neurolinguística (PNL), Coaching, Hipnose, Visualização Criativa, Neurociências, etc., tendo como finalidade a eliminação e ressignificação de Traumas e Crenças Limitantes, empoderando o praticante para que possa obter maiores e melhores resultados positivos.

Requisitos:

Ter o nível superior completo.

 

Como não postergar em 2018!

procrastinação

“Amanhã eu termino”. Quantas vezes você já pronunciou essa frase? Por mais simples (e até mesmo inocente) que pareça, ela esconde um sério problema: o ato de postergar.

E não se trata de um mal súbito, cujo impacto é sentido na sua rotina logo quando aparece. Pelo contrário: começa aos poucos e, quando você menos espera, a ansiedade e a culpa já tomaram conta de tudo, fazendo com que sua produtividade fique aquém do esperado.

Quer saber mais sobre o que é postergar e como evitar esse hábito? Continue a leitura!

Mas, afinal, o que é postergar?

O ato de protelar é um hábito que não é adquirido, mas sim construído e fomentado ao longo do seu cotidiano. Inicia-se com uma tarefa pequena ou, às vezes, com um simples afazer doméstico que você poderia fazer naquele exato momento, mas prefere deixar para depois.

Com o passar dos dias, ele se torna mais frequente. Você passa a amontoar diversas atividades, deixando obrigações pendentes, e o pior: não consegue mais administrar o seu próprio tempo.

Dessa forma, as preocupações aumentam, assim como o estresse a dificuldade em lidar com o “urgente”. Seu período livre, que deveria se destinar aos seus relacionamentos e à sua vida pessoal, passa a ser afetado pela necessidade de entregar um trabalho atrasado.

Além disso, você não consegue bater suas próprias metas, perde a autoconfiança, torna-se autocrítico em excesso e se sente cada vez menos motivado a concluir o que começou.

Como evitar esse hábito?

Agora que você já conhece os danos que o ato de postergar pode trazer para a vida das pessoas, que tal descobrir como evitá-lo? Trata-se de um exercício a ser feito constantemente no seu dia a dia.

Para lhe ajudar nessa missão, separamos 6 dicas práticas e extremamente úteis. Confira!

1. Estabeleça prioridades

A primeira dica não poderia ser outra que não fosse estabelecer prioridades. Afinal, muitas vezes você trata grande parte de suas tarefas como urgentes quando não é o caso e as executa antes daquelas que, de fato, o são.

Como resultado, inicia-se uma verdadeira bola de neve, que vai aumentando a cada dia com o acúmulo de trabalhos e a desorganização quanto ao que é (ou não) importante.

Portanto, tire um tempo, sente-se e avalie cuidadosamente quais são suas obrigações de curto prazo ou urgentes e aquelas com um período de entrega maior, que não demandam atenção agora.

Dessa forma, você pode priorizar o que é realmente essencial e evitar atrasos que comprometam a sua produtividade e minem o seu tempo livre.

2. Aprenda a dividir tarefas

Uma vez estabelecido o que é ou não prioritário para você, é hora da próxima dica: aprender a dividir as tarefas. Essa é uma etapa importante, pois está diretamente ligada à sua capacidade de organização.

Sem ela, fica difícil garantir o cumprimento dos prazos e o alcance de seus objetivos. Portanto, separe seus projetos e estabeleça um limite de tempo para cada um deles, seja em horas ou dias, para finalizá-los.

Isso é válido, principalmente, para aqueles que são mais complexos e extensos. Ter uma planilha ou uma agenda para o controle de suas atividades é essencial, pois assim você consegue acompanhar o seu avanço e sempre marcar onde parou o trabalho no momento anterior.

3. Utilize métodos para lhe auxiliar

Para facilitar a divisão de tarefas do tópico anterior, você pode contar com métodos auxiliares que lhe permitirão otimizar seu tempo, garantir o foco em seu dever e, de quebra, ter um tempo livre para relaxar ou fazer outras atividades menores.

Um exemplo é a técnica pomodoro. Ela funciona da seguinte maneira: você divide o tempo de trabalho em ciclos de 25 minutos. Ao fim de cada um, tire 5 minutos para se alongar, descansar ou se dedicar a outros afazeres. Quando terminar 4 ciclos, pare por 30 minutos.

Trata-se de um método simples e prático contra a procrastinação, pois diminui a ansiedade, permite um melhor gerenciamento do tempo e evita o cansaço mental.

4. Recorra à hipnose

Outra forma de dar fim à postergação é por meio da hipnose. Isso porque a técnica é muito utilizada por pessoas que almejam mudanças comportamentais e esperam se livrar de entraves emocionais.

Tais bloqueios podem se manifestar como inseguranças, estresse, fobias e ansiedade, limitando seu progresso e barrando seu potencial — tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Além disso, o terapeuta que conduzirá o seu tratamento lhe ajudará a desenvolver foco e atingir seus objetivos de forma mais rápida, em meio a uma jornada que promoverá a autodescoberta e, principalmente, a autorreflexão em sua rotina.

5. Mude o ambiente

Você trabalha em um escritório e utiliza uma mesa com frequência? Então, que tal mudar o ambiente? Você pode até estranhar essa dica a princípio, mas acredite: ela tem um grande impacto sobre a procrastinação.

Isso porque, muitas vezes, estamos tão imersos em nossos trabalhos que não nos damos conta de que a área ao redor influencia o nosso comportamento.

Afinal de contas, espaços desorganizados e com itens fora de controle acabam lhe estimulando a postergar, dificultam a realização de suas funções e se tornam locais que inspiram preguiça, estresse e desconforto.

Portanto, repense seu local de trabalho e faça dele um aliado na execução de seus deveres diários.

6. Não foque na perfeição

Decidiu começar uma tarefa? Tenha em mente que você deve, sim, dar o seu melhor e realizá-la impecavelmente. Contudo, não confunda essas características com a perfeição.

Quando você se cobra para ser perfeito, as chances de se frustrar ao término de um trabalho são grandes, pois sempre haverá a sensação de que poderia ter feito melhor ou se dedicado mais.

Isso, inevitavelmente, estimulará o ato de postergar suas obrigações no dia a dia. Portanto, lembre-se: o importante é fazer seu trabalho ciente de que ali está o seu melhor e, para ser excelente, é preciso prática — e não cobrança.

Agora que você sabe o que é postergar e como esse mal pode afetar o âmbito profissional e pessoal, diminuindo sua qualidade de vida, siga nossas dicas, aplicando-as em sua rotina, e evite deixar para amanhã o que pode fazer hoje.

Hipnose em Campinas- Dra. Milena ferreira 19 999229272

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnose Clínica em Campinas- dra. Milena ferreira

Mitos da hipnose: Esclarecendo os mais importantes!

mitosdahipnose

Apesar do potencial de promover transformações positivas e mudar para melhor a vida de quem recorre à técnica terapêutica, existem diversos mitos da hipnose — que, por sua vez, impedem as outras pessoas de colherem seus benefícios.

Afinal, não raro, o conhecimento sobre o assunto é baseado naquilo que a televisão nos mostra. E, de acordo com os filmes e programas de entretenimento, o hipnotismo nada mais é do que um meio de controlar alguém e fazê-lo seguir ordens.

Essa é apenas uma das várias inverdades que envolvem a hipnose. Mas é importante ressaltar: os Conselhos Federais de Medicina e Psicologia aprovam a prática, que é cada vez mais empregada em tratamentos para superar traumas, vícios e outros problemas.

Quer desmistificar, de uma vez por todas, as crenças que rondam a hipnose? Confira quais são os principais mitos sobre a técnica e saiba por que estão equivocados:

1. O terapeuta pode induzir uma pessoa a fazer o que ela não quer
Ao contrário do que o imaginário popular frequentemente reproduz, o terapeuta não consegue aplicar a hipnose para tornar alguém vulnerável e, a partir daí, dar ordens ou fazê-lo revelar segredos e informações.

Em outras palavras, é impossível que o paciente vá contra suas crenças e seus valores morais, fazendo algo que, para ele, não é o correto. O que pode acontecer, na verdade, é a pessoa ouvir uma sugestão com a qual não concorda (ou não entende) e ter como reação imediata o despertar do estado de transe.

Inclusive, é fundamental destacar que as sugestões dadas pelo terapeuta são alinhadas com a vontade do paciente e previamente identificadas durante a anamnese. A técnica consiste em uma entrevista que permite conhecê-lo e elaborar um tratamento personalizado para melhor condução das sessões.

2. A hipnose consiste em fazer pacientes dormirem
Se você acha que a hipnose consiste em fazer alguém dormir — o que também é visto com frequência no universo da ficção —, saiba que esse é outro mito muito comum sobre a prática.

Portanto, esqueça os estereótipos de hipnotizadores balançando pêndulos diante dos olhos das pessoas, enquanto as convencem de que estão com sono e que as suas pálpebras estão pesadas.

A impressão pode até ser de que o paciente está dormindo, por ficar com os olhos fechados, muito tranquilo e relaxado durante as sessões. Porém, ele está plenamente consciente e atento a tudo o que acontece em sua volta, mas em um estado bastante elevado de concentração.

Assim, não se trata de ficar inconsciente e vulnerável, mas de adquirir a capacidade de se afastar completamente das distrações que cotidianamente impedem de focar no problema a ser tratado, direcionando toda a atenção para ele enquanto o hipnoterapeuta o guia durante o processo.

3. Existe o risco de ficar preso para sempre no transe
Como destacamos no tópico anterior, uma pessoa se mantém consciente durante todo o processo de hipnose. Isso significa que é impossível que alguém fique permanentemente preso no estado de transe.

E mais: trata-se de um estado natural da consciência. Isso significa que você pode acessá-lo em diferentes momentos do seu dia, como, por exemplo, quando está assistindo a um filme e já não percebe o ator representando um papel, mas sim o próprio personagem.

O mesmo acontece quando se está completamente imerso em um livro, pensamentos ou situações que favorecem o desvio da atenção daquilo que se está fazendo, tal como dirigir um carro por um longo trajeto. Assim, a possibilidade de ficar preso no transe hipnótico é a mesma não conseguir sair de alguma dessas circunstâncias: zero.

Além disso, com a mente totalmente livre, felicidade e paz interior, é muito mais provável que a pessoa tenha o desejo de que a sessão se estenda para além do tempo estipulado, assim que abre os olhos, ao ser convidada a sair desse estado de consciência.

4. Pessoas mentalmente fortes não podem ser hipnotizadas
Outro equívoco bastante difundido quando se fala em hipnose é a ideia de que as pessoas mentalmente fortes não podem ser hipnotizadas.

No entanto, a inteligência, a criatividade e a capacidade de imaginação e autocontrole são atributos que, combinados com a vontade de mudança do indivíduo e a consequente inclinação para cooperar com as sessões, fazem toda a diferença para o sucesso delas.

Nesse sentido, indivíduos esclarecidos podem ser muito mais abertos a passar por novas experiências, deixando qualquer receio de lado. Logo, não é verdade que apenas aqueles que são ingênuos ou mentalmente fracos podem ser hipnotizados.

De fato, há diferentes graus de sugestionabilidade que podem tornar alguns pacientes mais resistentes à hipnose. Mas isso não quer dizer que não possam usufruir dos benefícios da prática.

Conhecendo a personalidade da pessoa e identificando essa resistência, o terapeuta é capaz de ajustar o processo com as técnicas mais apropriadas para hipnotizá-lo.

Ainda assim, é importante destacar que, a partir do momento em que a sua mente aceita a ideia de que precisa da hipnose e passa a focar no objetivo a ser atingido — como parar de fumar, por exemplo —, a garantia de um bom andamento do tratamento é uma consequência inevitável.

5. É possível curar transtornos e traumas em apenas uma sessão
Apesar de ser uma ferramenta de enorme valia em tratamentos médicos e psicológicos, auxiliando também na resolução de diversas dificuldades, como insônia, traumas, fobias e vícios, a hipnose não é uma prática sobrenatural ou mágica. Portanto, ela não vai resolver todos os seus problemas do dia para a noite.

Por isso, tenha em mente que o número de sessões necessárias para conseguir alcançar seu objetivo vai depender da complexidade do problema a ser tratado e, consequentemente, do progresso observado.

Mas com a hipnose o tratamento é sempre muito mais rápido.

Instituto Paulista de Hipnose 19 999229272 Dra. Milena Ferreira

Hipnose clínica em campinas

hipnose em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Curso de hipnose em Campinas

A PRIMEIRA CIRURGIA CEREBRAL PROFUNDA DO MUNDO USANDO A HIPNOSE CURA UM PACIENTE IDOSO

,PAY-CEN_AnaestheticReplacement_01

Médicos alemães realizam  procedimento de estimulação cerebral profunda para curar mãos trêmulas severas de paciente de 73 anos, usando hipnose em vez de anestésico para controlar a dor do paciente.


O Hospital Universitário de Jena, no Estado de Turingia
No procedimento, as regiões do cérebro responsáveis ​​pelo tremor foram estimuladas eletricamente, fazendo com que o tremor fosse efetivamente suprimido para que o paciente, por exemplo, coma e escreva novamente sem perturbações.


Como eletrodos finos são implantados diretamente no fundo do cérebro, eles são frequentemente chamados de “pacemakers cerebrais”.A paciente de 73 anos, de Thuringia, na Alemanha, não havia alcançado melhora nos tremores com medicação, mas agora está satisfeita com o resultado da operação de seis horas feita pela equipe do Hospital Universitário de Jena.


Depois que os eletrodos são colocados na área cerebral afetada, os pacientes são acordados e se verifica se o tremor foi suprimido.

Normalmente, tais intervenções médicas são realizadas com anestesia, mas o efeito sedativo “pode ​​levar a resultados distorcidos”, disse o Dr. Rupert Reichart, chefe do departamento de neurocirurgia. “Sob hipnose, não há tais efeitos colateraisda anestesia. Esta é uma enorme vantagem para verificar se a ativação dos eletrodos foi bem sucedida”.

Para garantir a segurança da paciente durante a cirurgia, uma equipe de anestesistas esteve de prontidão para agir caso fosse necessário.

A clínica é um dos poucos centros na Alemanha que oferece estimulação cerebral profunda, realizando cerca de doze dessas operações por ano.

O Dr. Reichart realizou a hipnose durante o procedimento e manteve a paciente em transe durante toda a operação, enquanto o colega, Dr. Walter, realizou o procedimento.

Outro médico, Tino Prell, monitorou o sucesso do procedimento durante a operação e depois de a paciente (não nomeada nos relatórios de hipnose) ter sido despertada.

Segundo dr. Preel, “este procedimento permite uma verificação até agora sem precedentes sobre o efeito da estimulação cerebral profunda e, consequentemente,  uma instalação de eletrodo claramente melhor e mais bem direcionada do que nos procedimentos usuais sob narcose”.

O Dr. Reichart enfatizou que a hipnose “não tem nada a ver com esoterismo ou truques de mágicos de TV. “Claro, esse método não pode ser usado com todos os pacientes, mas os pacientes que não toleram a anestesia, por exemplo, podem se beneficiar disso – se quiserem se submeter ao processo”.

O Dr. Reichart adquiriu os conhecimentos necessários em hipnose médica na Universidade Médica de Viena e é um dos poucos neurocirurgiões na Alemanha com essa qualificação adicional.

Fonte: http://www.mirror.co.uk/news/world-news/worlds-first-deep-brain-surgery-9596821

Hipnose Clínica em Campinas- Milena ferreira 19 999229272

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnoterapeuta em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Dra. Milena Ferreira

Sessão de hipnose preço- Consulte

Hipnose clínica preço- Consulte

Curso de hipnose -Campinas

Hipnose clínica-Curso

Valor da sessão de hipnose-Consulte

Formação em Hipnose em Campinas!

outubrofinal

Finalmente abriram as inscrições para o curso mais completo em hipnose rápida!Confira o conteúdo:

-Breve histórico da hipnose

-Dave Elman

-Milton Erickson

-Hipnose

-Níveis de transe

-Rapport

-Pré-Talk

-yes set

-truísmos

-Voz hipnótica

-Pseudo hipnose

-dedos magnéticos

-Mãos magnéticas

-Olhos colados

-Mãos coladas

-Mãos magnéticas

-spiegel eye roll test

-Amnésia

-Indução de Dave Elman

-O falso aperto de mão de Dave Elman

-O falso aperto de mão de Richard Bandler

-espiral hipnótico

-Induções de choque: Hand drop, indução das oito palavras,arm pull

-Sugestões pós-hipnóticas

-despertar

-Hipnose Ericksoniana uma introdução

-Indução ericksoniana

-Condução ericksoniana

-Padrão de linguagem ericksoniano

-O lugar seguro

-Respiração azul-Exercício para ansiedade

-Balão gástrico hipnótico

-Técnica para dor

-Analgesia

-Anestesia

-Regressão

-Progressão

-Auto-hipnose

O Valor do curso é R$ 1000 à vista por depósito ( basta entrar em contato através do whatsapp 19 999229272 ou e-mail milena@hipnosecampinas.com e pedir os dados) ou R$ 1200 em até 10x com juros do seu cartão, clique no link e adquira sua Formação em Hipnose!

http://hipnosecampinas.com/produto/formacao-em-hipnose/

 

Depoimentos:

Depoimento sobre o curso

Mais depoimento sobre o curso.

 

10 Principais dúvidas sobre hipnose!

dúvidas

 

Dúvidas mais frequentes e suas respostas

O que se sente quando se é hipnotizado?

A maioria dos pacientes diz sentir uma maravilhosa sensação de relaxamento físico e mental.

Todas as pessoas conseguem ser hipnotizadas?

Em princípio, se não existir qualquer perturbação psíquica ou deficiência cognitiva, sim. O que pode variar é o nível de profundidade que a pessoa entra em transe. Algumas pessoas realmente não conseguem entrar em transe profundo. A boa notícia é que para se realizar um tratamento, entrar em transe médio já é suficiente. E qualquer pessoa é capaz de relaxar física e mentalmente, podendo alcançar facilmente este estado.

Quantas sessões são necessárias para resolver o meu problema?

Se algum terapeuta prometer número de sessões, desconfie! Os resultados são relativos e variam de acordo com cada caso e cada cliente. Mas a hipnoterapia é para ser uma terapia rápida.

E se o hipnoterapeuta morrer durante o transe ou hipnose? Existe a possibilidade de ficar preso no estado de transe e não acordar mais?

Espero sinceramente que isso não ocorra na minha sessão! Neste caso podem ocorrer duas possibilidades: Ou o paciente volta do transe/hipnose sozinho, ou ele pode adormecer e acordar sentindo-se extremamente relaxado.

Vou me lembrar de tudo o que se passou durante o transe?

Sim. A maior parte das pessoas fica surpreendida pelo fato de se lembrarem do que aconteceu durante a consulta. Lembre-se que o transe hipnótico é somente um estado de consciência alterado, durante o qual está sempre consciente relativamente a tudo o que se passa e que é dito.

Vou perder o controle durante a hipnose? Posso falar o que não quero?

Não. Ninguém o pode hipnotizar contra a sua vontade, assim como não pode ser forçado a fazer ou dizer algo que não queira. Tem a liberdade de rejeitar quaisquer sugestões a qualquer momento, durante a sessão.

O que é Regressão?

É um processo induzido ou não que permite relembrar, compreender e integrar experiências marcantes vividas pela pessoa. Não importa se esse passado tenha ocorrido há uma semana ou há 30 anos atrás. Através de diferentes técnicas pode-se acessar fatos ocorridos durante a vida adulta, a adolescência, a infância, o nascimento e a vida intrauterina.

A regressão pode ser realizada para investigar traumas, medos, repressões, culpas e eventos mal resolvidos no passado que fazem com que você sinta-se reprimido e limitado na sua vida atual.

Hipnoterapia substitui a medicina convencional?

A hipnoterapia NÃO substitui a medicina convencional em nenhuma circunstância! Se tem algum problema de saúde, é imperativo que consulte o seu médico, informando o seu hipnoterapeuta sobre alguma medicação que lhe possa ter sido prescrita, assim como sobre alguma doença que possa ter sido diagnosticada.

Será que vou sentir vergonha de contar meu problema para o terapeuta?

O terapeuta é um profissional acostumado a atender todos os tipos de pessoas e situações que você imagina! Ele jamais vai te julgar ou fazer você se sentir mal.

As sessões de hipnoterapia são todas confidenciais?

Sim. Nenhuma informação será fornecida a quem quer que seja sem autorização prévia dada pelo cliente, exceto nos casos previstos na lei do país em questão.

Texto escrito por Sérgio Enrique.

Hipnose Ericksoniana em Campinas- Dra. Milena Ferreira 19 999229272

Hipnose clínica em Campinas

Hipnose em Campinas

Hipnoterapeuta em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Terapia com hipnose

Regressão