5 Motivos para escolher a hipnose!

hipnose_clinica

1. Traz resultados rápidos ao tratamento

A hipnose na psicoterapia garante aos pacientes uma melhora nos problemas emocionais e físicos em menor tempo. Isso acontece porque o tratamento começa no inconsciente.

Assim, enquanto outras técnicas demandam maior tempo para iniciar os efeitos, a hipnoterapia traz resultados mais rápidos. Em certos pacientes, os benefícios são notados logo nas primeiras sessões.

2. Mostra ser uma terapia muito eficiente

A hipnose clínica é considerada muito eficiente por trazer efeitos comprovados por quem a utilizou em seus pacientes. Pesquisas mostram que a porcentagem de pacientes restabelecidos com o uso da hipnoterapia é maior se comparado com outras técnicas.

 

3. Proporciona ao paciente maior esperança de melhora

Como mostrado anteriormente, as primeiras sessões já começam a mostrar efeitos nos pacientes, que se sentem motivados a continuar a terapia por hipnose.

 

4. Propicia outros benefícios ao paciente

A hipnoterapia pode trazer melhorias ao paciente que vão além da solução do problema que deu início ao tratamento.

Os psicólogos que trabalham com essa técnica percebem benefícios em vários aspectos da vida dos pacientes, como melhor qualidade do sono, diminuição da ansiedade e regulação do apetite. Além disso, as sessões trazem um aprendizado para lidar com os sentimentos e vencer seus limites.

 

5. Assegura ausência de efeitos colaterais

Como o tratamento com hipnose clínica não é medicamentoso, não se notam quaisquer efeitos colaterais nem tampouco interações com outros remédios.

Vários pacientes que fazem psicoterapia também passam por tratamento com psiquiatra, principalmente pessoas com depressão, TOC e ansiedade generalizada. Muitos deles usam medicamentos antidepressivos ou outros fármacos.

Durante as psicoterapias tradicionais, faz-se necessária a continuação das medicações por tempo indeterminado. Esses mesmos pacientes, ao se submeterem à hipnoterapia, apresentam avanços muito significativos e em curto espaço de tempo.

Assim, ao retornarem ao psiquiatra, podem ter a dose do remédio diminuída e, com o tempo, até descontinuada — a depender de cada caso, é claro.

estes são apenas 5 benefícios da hipnoterapia, além de muitos outros que poderiam ser citados.

Dra. Milena Ferreira- Hipnose clínica em Campinas

Hipnose

Hipnoterapia

Hipnose Ericksoniana

Para quê serve a hipnose?

hipnos18

Olá!Aqui é a Milena Ferreira, psicóloga e hipnoterapeuta em Campinas.Talvez você já tenha se perguntado em algum momento: Afinal, para quê serve a hipnose? Ela serve para tratar tudo que a psicologia trata numa terapia, como ansiedade, depressão, traumas, estresse, fobias, problemas sexuais, etc.

Além de tratar problemas, assim como na terapia sem hipnose, a terapia com hipnose pode servir como uma alavanca nos seus potenciais, ou seja, despertar aquilo que você já tem de bom, para ser ainda melhor!

Agora você pode estar se perguntando: Mas se a hipnose trabalha tudo que a terapia trabalha, por quê usar a hipnose?

Bom, a escolha da hipnose é que com ela a terapia vai ocorrer mais rápido, o paciente melhora de forma mais rápida, trazendo recuperação e bem estar à sua vida com técnicas que beneficiam a pessoa de diversas formas .

Ao contrário do que muitos pensam, todos podem entrar no estado de transe, basta sentirem esta vontade de fazer o processo com a hipnose e ter entendimento do que está sendo dito. Um outro mito sobre a hipnose é que a pessoa fica inconsciente, não!Todos permanecem conscientes, apenas ficam bastante participativos por escolha própria de estarem ali buscando algo.

Espero que tenham gostado do texto.

Um abraço!

 

Hipnose em Campinas- Milena Ferreira- 19 999229272

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose Clínica em Campinas

Psicóloga em Campinas

 

 

 

 

Além da tristeza- Como curar a depressão

Blog-Enfeitiçadas-Importância-do-Bem-Estar

A depressão, assim como a ansiedade, parecem ser estados muito comuns no nosso século. Não sei se você sabe, mas nas próximas duas décadas a depressão deverá afetar mais pessoas que o câncer e doenças cardíacas. Estudos sugerem que uma entre dez pessoas sofrem de depressão ou sofrerão pelo menos uma vez na vida, talvez este seja seu caso, talvez você conheça alguém que passa por isto neste momento…

Mas qual é o motivo do número de casos estar aumentando tanto nos últimos anos?

Além da pressão da nossa vida moderna capitalista, que, não podemos deixar de considerar que nosso estilo de vida mudou drasticamente nos últimos 100 anos…Isto se deve a uma série de fatores, além disto.

Hoje há uma facilidade maior em conseguir coisas que nos eram difíceis de conseguir ha 100 anos, como comida, água, luz, conforto, hoje, com nosso desenvolvimento tecnológico tudo é muito fácil de conseguir ( para muitas pessoas) e isto deixa de ativar nosso sistema de recompensas, nos causando frustração. Este é apenas outro ponto…

Além disso, muitos não sabem, mas a depressão também é causada para esconder sentimentos hostis como ódio , por exemplo.

São tantas as questões envolvidas com a depressão e, cada caso é um caso, que fica difícil esperar que a pessoa que tem depressão resolva tudo isto sozinha, sem ajuda profissional.

O melhor tratamento para a depressão é a psicoterapia( com ou sem hipnose, porém, com a hipnose, o tratamento ocorre mais rápido) aliada ao tratamento psiquiátrico. Um vai atuar nas causas, buscando a cura( psicoterapia), o outro busca amenizar os sintomas ( os remédios), os dois, juntos, vão devolvendo a qualidade de vida perdida.

Você deve estar se perguntando sobre aquele tipo de depressão que não tem origem emocional/subjetiva…sim, ela existe, mas posso dizer que é rara, tão rara que posso dizer que a cada 100 pacientes depressivos que atendo, um caso parece ser deste tipo, e olhe lá…

Por isso não tenha medo de buscar ajuda e ter sua qualidade de vida novamente, a depressão tem cura, lute, busque, vale a pena!

Um forte abraço

Milena Ferreira  site: www.hipnosecampinas.com

Hipnose Ericksoniana em Campinas- Milena ferreira 19 999229272

Hipnose clínica em campinas

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose em Campinas

Psicóloga Clínica em Campinas

Psicologia em Campinas

 

 

 

Retomando o bem estar

Olá!Aqui é a Milena Ferreira, psicóloga e hipnoterapeuta, hoje estou aqui com você para dividir um áudio de relaxamento, para você que tem ansiedade, está sentindo os efeitos do estresse no seu dia a dia, talvez seja um bom momento para fazer uma breve pausa, fechar os olhos e relaxar!:)

Instruções: Ouça preferencialmente com fones de ouvido, encoste em algum lugar ou deite, feche os olhos e aproveite;)!

Hipnose em Campinas 999229272- Milena Ferreira

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose clínica em Campinas

Psicologia em Campinas

psicoterapia em Campinas

Psicóloga em Campinas

Hipnose-Transformando vidas!

pnlbasico (1)

Olá! Aqui quem fala é a Milena Ferreira, psicóloga e hipnoterapeuta Ericksoniana.

Você sabe o que é a hipnose e como ela pode ajudar você a transformar sua vida para melhor?

A hipnose é um estado muito relaxado e focado. Neste estado você está sempre CONSCIENTE, ao contrário do que muitos pensam. Este estado focado e relaxado pode ajudar você de várias formas, mas antes de entrar neste ponto é preciso que você entenda que nós aprendemos de duas maneiras. Uma maneira é pela intensidade da experiência, por exemplo, quando uma pessoa bate o carro uma vez e sente medo de dirigir novamente, ela aprendeu algo ruim, que dirigir é perigoso ou ruim, devido a uma única experiência. Outra forma que aprendemos é pela repetição da experiência, como quando aprendemos a matemática por exemplo.

O foco da hipnose vai proporcionar a intensidade da experiência e, com isto, é possível aprender a olhar as coisas de outro modo, ressignificando sua vida.

Outra técnica bastante utilizada, e mais conhecida, é a regressão. Regredir é relembrar de qualquer coisa antes do hoje. Com a regressão, o paciente “volta” nas causas dos problemas, tratando as mesmas. É como ir tratando feridas abertas.

O benefício maior, que vejo, com a hipnose, é que estas técnicas funcionam mais rápido que a psicoterapia tradicional e, com isto, o paciente ganha em tempo de terapia e em qualidade de vida.

Talvez, agora, você esteja se perguntando o que a hipnose pode tratar. Ela trata tudo que a psicoterapia tradicional também trata, como: Depressão, estresse, traumas, fobias, ansiedade, síndrome do pânico, timidez (se incomoda, pois, em si, não é problema), ejaculação precoce, impotência, etc.

Além de tratar efeitos colaterais da quimioterapia, dores crônicas, preparar para concursos públicos, etc.

Saiba mais em http://www.milenaferreira.net

Hipnose em Campinas- Milena Ferreira- 19 999229272

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnose Clínica em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Psicoterapia em Campinas

Psicóloga em Campinas

Psicologia em Campinas

Como a hipnose pode ajudar você a acabar com a ansiedade

shutterstock_130218290

Olá!Aqui é a Milena Ferreira, psicóloga e hipnoterapeuta. Hoje eu estou aqui para falar com você sobre como a hipnose pode ajudar você no controle da ansiedade.

Bom, primeiro é importante que você saiba que a ansiedade é algo normal e é preciso ter uma boa dose de ansiedade para levar a vida. Já pensou se você estivesse andando pela rua e um carro surgisse em alta velocidade na sua direção?Você teria que agir rápido ou seria atropelado!Nada de ter calma nesta hora!

Pois é…o problema é quando a ansiedade aparece em situações nas quais ela não é necessária. É aí que a hipnose entra para ajudar você a tratar as causas desta ansiedade, saber quais são os motivos dela estar aparecendo em momentos em que não é preciso. Muitas vezes se trata de como você lida com os problemas. Outras vezes estas causas são ligadas a traumas, e existe, também, a modernidade e o estilo de vida que veio com ela é bastante estressante.

Num estado de transe você pode aprender coisas novas , além de tratar “as feridas” que estão causando a ansiedade, levando, assim, uma vida mais leve.

A psicologia é uma ciência que promove saúde e bem-estar, se você deseja saber mais sobre a hipnose acompanhe o blog http://www.hipnoseemcampinas.com ou entre em contato pelo e-mail milenamenezesferreira@gmail.com tirando suas dúvidas!

Um forte abraço!

Milena Flávia Araújo de Menezes Ferreira-Atendimento presencial e online

Psicóloga CRP 06/111513

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnose Clínica em Campinas

Hipnose em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Psicologia em Campinas

Psicóloga em campinas

Timidez e Hipnose clínica

timidez

Timidez X Hipnose Clínica

O QUE É TIMIDEZ ?

  • É um processo psicológico inibidor de ações em um indivíduo.

QUAIS OS TIPOS DE TIMIDEZ?

  • Crônica (a pessoa é totalmente inibida, socialmente, profissionalmente e afetivamente, com extrema dificuldade de se adaptar a novas situações.)
  • Situacional ( o indivíduo é tímido em determinadas ocasiões: ao pedir alguém em namoro, falar em público, expor um trabalho, procurar emprego, ser entrevistado, etc. )
  • Eventual ( quando, pôr alguma razão traumática provocada pôr um acidente, boatos ou fofocas, até mesmo racial, atingindo a integridade física, moral e/ou emocional, faz com que a pessoa se introverta.)

COMENTÁRIOS:

  • É sabido que metade da população mundial é tomada pela “timidez”.
  • O tímido considerado crônico se sente totalmente excluído em todos os níveis, afetivamente, socialmente, profissionalmente, economicamente. Doenças consideradas graves ou contagiosas, do tipo HIV, levam o indivíduo a entrar no processo de timidez ou introversão, facilitando o progresso da doença. Devido a esse tipo de comportamento a pessoa é tida como “negativa”, considera-se excluída e rejeitada, mantém-se sempre cercada pela energia mental denominada “ódio”, pois são pessoas inconformadas com a vida.
  • É bastante comum, principalmente nas pessoas que mantém relacionamentos homossexuais não assumidos, pôr fatores discriminativos, desenvolverem a timidez, podendo chegar a “fobia social”.
  • Um indivíduo pode também se auto-descriminar provocando a timidez, como exemplo podemos citar os fatores raciais, acidentais e cirúrgicos.
  • É bastante comum, a criança na fase escolar sofrer gozações de colegas, caso o indivíduo seja passivo as provocações elas induzirão o indivíduo a ser tímido, interferindo inclusive em sua vida escolar. Na fase adulta essa pessoa enfrentará dificuldades (relacionamentos, comunicação, etc).
  • O Ser humano também consegue psicossomatizar a timidez, quando mantém um convívio direto com pessoas tímidas.
  • Verificamos que muitas pessoas se casam, com o parceiro(a) errado(a), pelo simples fato de ser introvertido e não conseguir dizer “não”.
  • É interessante notar que uma pessoa considerada extrovertida, comunicativa, sente-se inibida no momento de uma paquera ou vice-versa (timidez situacional).
  • Observamos também que a pessoa no processo de timidez mantém sua auto-estima em baixa, dificultando suas relações interpessoais, segurança econômica e emocional, podendo chegar ao processo de depressão nos seus diversos níveis.
  • A timidez provoca uma reação de indisposição para novos relacionamentos interpessoais, o indivíduo se isola, procura desculpas para ficar no seu computador, assistindo televisão, arrumando a casa, etc. Evita os passeios, festas, encontros, reuniões, etc.
  • O indivíduo tido como tímido, encontra como fuga, os calmantes, anti-depressivos e até mesmo drogas.
  • Fracassos profissionais, instabilidade financeira e/ou emocional levam o indivíduo ao processo de introversão.
  • A “Higiene Mental Familiar – HMF” é considerada a maior responsável pelo desenvolvimento da timidez em um indivíduo. No ambiente familiar onde a criança cresce sendo reprimida, criticada, constrangida, agredida (verbal ou fisicamente), perdendo gradativamente a liberdade de tomada de iniciativas e decisões. Pôr se encontrar numa fase de aprendizado e de desenvolvimento psicológico, a criança pode agir de duas formas: reagir e se defender ou aceitar tudo passivamente, nesse caso, como mecanismo de defesa, mesmo que inconsciente, a criança começa a manifestar algumas atitudes atípica como: isola-se, chupa o dedo, roem unhas, faz xixi na cama, birras e manhas, agressividade, etc. Toda criança aprende pôr tentativas, erros e acertos. Jamais os pais poderão ser exigentes demais para com os filhos que se encontram nessa fase da vida, a forma mais criteriosa é a orientação, o sorriso e principalmente mostrar as conseqüências dos erros, ser paciente, evitar o “NÃO”, conseguir controlar a euforia da criança, desviando sua atenção. É a HMF na infância que determinará e formará a personalidade do indivíduo para o resto de sua vida.

Características e sintomas de um tímido :

  • Grande e inexplicável ansiedade ;
  • Insegurança ( medo de ser rejeitado, fracassar ou ser ridicularizado ) ;
  • Preocupação excessiva com a opinião e julgamento alheios ;
  • Perda do raciocínio lógico e/ou esquecimentos ao se comunicar (falar, escrever) ;
  • Transpiração excessiva , tremores e falta de ar em ocasiões especiais;
  • Vergonha e/ou dificuldade ao se apresentar (provocando até vermelhão no rosto);
  • Voz trêmula , gagueira, dificuldade de se expressar ;
  • Medo de se ridicularizar ;
  • Necessidade constante de inventar desculpas e de recusar convites ;
  • Baixa Auto-Estima e Auto-Confiança ;
  • Auto-Imagem negativa ;
  • Sentimento e sensação de menos valia ;
  • Necessidade de se isolar .

A HIPNOSE NO TRATAMENTO DA TIMIDEZ

A hipnoterapia tem se mostrado muito eficiente no tratamento da “Timidez”, auxiliando tanto os portadores desse problema considerada crônicos como situacional, sendo possível realizar uma reeducação de comportamento ou mesmo de recondicionamento mental, transmitindo-lhe segurança necessária, melhorando a auto-estima e  auto-confiança no indivíduo. Com sugestionamentos pós hipnose consegue-se ótimos resultados, desbloqueando totalmente a timidez, controlando a ansiedade e devolvendo a pessoa o prazer de participar da “VIDA’ e a capacidade de interagir com as pessoas sem dificuldade.

Por Luiz Crozera

Hipnose clínica em Campinas é com Milena Ferreira 999229272

Hipnose Ericksoniana em Campinas

Hipnose Em Campinas

Hipnoterapia em Campinas

Psicologia em Campinas

Psicóloga em Campinas

Inovação inibe problemas pós-cirúrgicos

Imagem

A anestesia geral compreende três elementos: a hipnose com amnésia, para que o paciente fique inconsciente durante todo o procedimento cirúrgico e não se lembre do ocorrido, a analgesia, para evitar a dor, e o bloqueio neuromuscular.

Ansiedade, insegurança e até medo são alguns dos sentimentos que se fazem presentes em muitas ou até na maioria das pessoas que necessitam realizar um procedimento cirúrgico. Recente pesquisa da Sociedade Americana de Anestesiologia, realizada com pacientes submetidos a intervenções, revela que 75% dos entrevistados têm muita preocupação com a anestesia geral.

Dúvidas como “vou acordar durante a cirurgia”, “não vou acordar após a cirurgia” ou até mesmo “vou morrer” aparecem nesses momentos em que é preciso confiar no médico e saber que, com a evolução das técnicas, dos equipamentos e do conhecimento, são muito raros os acidentes ou complicações. No meeting A Anestesia Geral e a Importância do Despertar, realizado em São Paulo, o tema esteve em evidência, dando-se destaque para aquela que é considerada a maior inovação da área nos últimos 20 anos e que já está disponível no Brasil: o sugamadex (conhecido comercialmente como Bridion), da empresa farmacêutica MSD.

A anestesia geral compreende três elementos: a hipnose com amnésia, para que o paciente fique inconsciente durante todo o procedimento cirúrgico e não se lembre do ocorrido, a analgesia, para evitar a dor, e o bloqueio neuromuscular. O sugamadex atua justamente ao término da cirurgia, acelerando em cerca de seis vezes o tempo de reversão deste bloqueio (relaxamento) em relação a outros fármacos. Isso permite que o paciente retome suas funções musculares com segurança e volte a respirar de forma espontânea mais rapidamente.

São evitados, assim, os efeitos colaterais, como problemas respiratórios e cardiovasculares. “É o único fármaco que reverte o relaxamento profundo, necessário em algumas cirurgias nas quais qualquer movimento pode colocar o paciente em risco”, acrescenta a médica Maria Angela Tardelli, professora da Universidade Federal de São Paulo. O sugamadex é específico para os bloqueadores rocurônio e vecurônio e eficiente para as diferentes faixas etárias. No entanto, é contraindicado para pessoas com problemas renais.

                                                                                                                                             Fonte: jcrs.uol.com.br

Tratamento com hipnose em Campinas- Milena Ferreira 19 999229272

Tratamento com hipnose ericksoniana em Campinas- Milena Ferreira 19 999229272

Hipnoterapia em Campinas

Hipnose clínica em Campinas

Psicologia em Campinas

Psicóloga em Campinas

Bruxismo ( ranger de dentes)

bruxismo

 

O bruxismo é caracterizado pelo ranger de dentes. São movimentos involuntários que, geralmente ocorrem durante o sono, provocando desgaste, podendo, até mesmo, quebrar o dente.

As causas do bruxismo podem ser físicas ou, em maior parte, emocionais. Estas tensões que causam o ranger de dentes, podem estar associadas a sentimentos de ansiedade, raiva, medo, etc.

Com o uso da hipnose o paciente pode tratar as causas das tensões, aprendendo a ter uma melhor qualidade de vida e a expressar suas emoções de maneira mais saudável.

Hipnose Ericksoniana em Campinas – Milena Ferreira 999229272

PNL em Campinas

EMDR em Campinas

Psicologia em Campinas

Hipnose em Campinas

Agorafobia

agorafobia-sintomas

Uma vez que a Agorafobia ocorre no contexto de Transtorno de Pânico Com Agorafobia e Agorafobia Sem História de Transtorno de Pânico, o texto e o conjunto de critérios para Agorafobia são oferecidos em separado, nesta seção.

A característica essencial da Agorafobia é uma ansiedade acerca de estar em locais ou situações das quais escapar poderia ser difícil (ou embaraçoso) ou nas quais o auxílio pode não estar disponível na eventualidade de ter umAtaque de Pânico ou sintomas tipo pânico (por ex., medo de ter um ataque súbito de tontura ou um ataque súbito de diarréia) (Critério A).

A ansiedade tipicamente leva à esquiva global de uma variedade de situações, que podem incluir: estar sozinho fora de casa ou estar sozinho em casa; estar em meio a uma multidão; viajar de automóvel, ônibus ou avião, ou estar em uma ponte ou elevador.

Alguns indivíduos são capazes de se expor às situações temidas, mas enfrentam essas experiências com considerável temor. Freqüentemente, um indivíduo é mais capaz de enfrentar uma situação temida quando acompanhado por alguém de confiança (Critério B).

A esquiva de situações pode prejudicar a capacidade do indivíduo de ir ao trabalho ou realizar atividades cotidianas (por ex., fazer compras do dia-a-dia, levar os filhos ao médico). A ansiedade ou esquiva fóbica não é melhor explicada por um outro transtorno mental (Critério C).

O diagnóstico diferencial para distinguir entre Agorafobia e Fobia Social, Fobia Específica e Transtorno de Ansiedade de Separação severo pode ser difícil, uma vez que todas essas condições caracterizam-se pela esquiva de situações específicas.

As questões diagnósticas para casos limítrofes são discutidas nas seções “Diagnóstico Diferencial” dos textos para os transtornos dos quais o comportamento de esquiva é uma característica essencial ou associada.

Critérios para Agorafobia
Obs.: A Agorafobia não é um transtorno codificável.
Codificar o transtorno específico no qual ocorre a Agorafobia (por ex., F40.01 – 300.21 Transtorno de Pânico Com Agorafobia ou F40.0 – 300.22 Agorafobia Sem História de Transtorno de Pânico ).
A. Ansiedade acerca de estar em locais ou situações de onde possa ser difícil (ou embaraçoso) escapar ou onde o auxílio pode não estar disponível, na eventualidade de ter um Ataque de Pânico inesperado ou predisposto pela situação, ou sintomas tipo pânico. Os temores agorafóbicos tipicamente envolvem agrupamentos característicos de situações, que incluem: estar fora de casa desacompanhado; estar em meio a uma multidão ou permanecer em uma fila; estar em uma ponte; viajar de ônibus, trem ou automóvel.
Nota: Considerar o diagnóstico de Fobia Específica, se a esquiva se limita apenas a uma ou algumas situações específicas, ou de Fobia Social, se a esquiva se limita a situações sociais.

B. As situações são evitadas (por ex., viagens são restringidas) ou suportadas com acentuado sofrimento ou com ansiedade acerca de ter um Ataque de Pânico ou sintomas tipo pânico, ou exigem companhia.

C. A ansiedade ou esquiva agorafóbica não é melhor explicada por um outro transtorno mental, como
Fobia Social (por ex., a esquiva se limita a situações sociais pelo medo do embaraço), Fobia Específica (por ex., a esquiva se limita a uma única situação, como elevadores), Transtorno Obsessivo-Compulsivo (por ex., esquiva à sujeira, em alguém com uma obsessão de contaminação), Transtorno de Estresse Pós-Traumático (por ex., esquiva de estímulos associados com um estressor severo) ou Transtorno de Ansiedade de Separação (por ex., esquiva a afastar-se do lar ou de parentes).

AGORAFOBIA SEM TRANSTORNO DE PÂNICO

Critérios Diagnósticos para F40.00 – 300.22 Agorafobia Sem História de Transtorno de Pânico
A. Presença de Agorafobia relacionada ao medo de desenvolver sintomas tipo pânico (por ex., tontura ou diarréia).
B. Jamais foram satisfeitos os critérios para Transtorno de Pânico
C. A perturbação não se deve aos efeitos fisiológicos diretos de uma substância (por ex., droga de abuso, medicamento) ou de uma condição médica geral.
D. Na presença de uma condição médica geral associada, o medo descrito no Critério A excede claramente aquele em geral associado com a condição.

Fonte: DSM IV

Tratamento com hipnose Ericksoniana em Campinas para agorafobia com ou sem transtorno de pânico 19 999229272

PNL em Campinas

Hipnose em Campinas

EMDR em Campinas

Psicologia em Campinas